Richa vira réu na Operaçåo Radio Patrulha

Do Contraponto

O ex-governador do Parana, Beto Richa, virou réu na Operaçåo Radio Patrulha.

A denüncia foi aceita na terça-feira (30) pelo juiz Fernando Fischer, da 13.ª Vara Criminal de Curitiba, segundo acaba de informar o site G1 Paraná, em reportagem de José Vianna e Ederson Hising.

A operação investiga um esquema de propina para desvio de dinheiro por meio de licitações no programa “Patrulha do Campo”, para recuperação de estradas rurais do estado.

Veja os réus e os crimes imputados:

Beto Richa – corrupção passiva e fraude a licitação
Pepe Richa – corrupção passiva e fraude a licitação
Deonilson Roldo – corrupção passiva e fraude a licitação
Ezequias Moreira – corrupção passiva e fraude a licitação
Aldair Petry – corrupção passiva e fraude a licitação
Edson Casagrande – fraude a licitação e corrupção ativa
Túlio Bandeira – fraude a licitação e corrupção ativa
Emerson Savanhago – fraude a licitação
Robison Savanhago – fraude a licitação
Luiz Abi Antoun – corrupção passiva
Celso Frare – corrupção ativa
Joel Malucelli – corrupção ativa

 

Compartilhe
Leia Também
Comente

2 Comments

  1. Fazendo História

    Beto Richa e Pepe Richa enlamearam o nome de José Richa.
    Usaram a mãe e viúva Arlete para suposto esquema de defesa das compras imobiliárias em Camboriú.
    Uma vergonha.

  2. Sandro augusto dos santos

    Em todas as listas de acusados de corrupção, aparece o nome de Aldair Wanderley Petry, o Neco, ex- funcionário do DER, homem de confiança de Pepe Richa. Este cidadão vai ter que gastar muito com advogado para se defender. Foi exonerado do cargo de Diretor Geral da SEIL, porque não estava agindo conforme o combinado, mas como era amigo do Pepe foi contratado por consultoria e continuou mandando no órgão, conforme constou na delação do Leal. Segundo informações o mesmo está proibido por ordem judicial de adentrar o prédio do DER, na Av. Iguaçu, medida justa e correta. Este cidadão sempre declarou de esquerda, mas para continuar no poder fez amizade com a família Richa para obter cargo no governo, quando Pepe foi Diretor Administrativo-Financeiro do DER, no governo Jayme Lerner.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Buscar
Anúncios
Paçocast
Anúncios