Sercomtel, Hoje, mais um capítulo da novela

Agora às 14 hs reúne-se o Conselho de Administração da Sercomtel SA sob a presidência do professor aposentado da UEL, Junker Grassiotto, ex-candidato a vice de Marcelo Belinati em 2012.
Na pauta a entrada de Flavio Balan no lugar do sócio (Riuji Augusto Kiyohara na empresa Expofunding) de Luiz Adati que deixa o cargo de conselheiro após denúncia no Ministério Público Estadual, que abriu investigações sobre as nomeações de diretores e conselheiros em desacordo com a Lei das Estatais.
Além disso, a pauta dos trabalhos impõe o ‘conhecimento da real situação financeira da empresa’ e o pedido de aporte financeiro aos sócios Prefeitura de Londrina e Copel.
O longo Informe da Anatel é um solavanco na pretensão da Sercomtel em frear sua caducidade na concessão:
“4.14. Ações institucionais-legais para resgate dos valores a receber junto à Prefeitura Municipal de Londrina. As demonstrações Contábeis em 31/12/2016 registram como empréstimos a acionistas
(item 10.1 das Demonstrações publicadas) o valor de R$ 23.885.000,00, sem data estabelecida para vencimento. Tal operação heterodoxa precisa de uma solução, negociada se possível, não podendo simplesmente ser considerada prescrita pela Prefeitura Municipal de Londrina, em particular neste momento de dificuldade financeira da Sercomtel. O Plano não tece maiores considerações sobre a matéria e forma parte do rol de ações que independem da Sercomtel (item anterior).”

A sócia majoritária Prefeitura de Londrina rejeita esta dívida feita por Antonio Casemiro Belinati, tio do atual prefeito, mas a Sercomtel não deixa de registrá-la anualmente em seu balanço.
Já se passaram 9 meses da gestão Belinati e Adati com as incertezas ainda rondando a Sercomtel.
Hoje haverá mais um capítulo na novela.

4 comentários em “Sercomtel, Hoje, mais um capítulo da novela

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: