Futuro sombrio para o PT

Lula fora da disputa

do Fernando Tupan
Sem Lula para disputar a sucessão de Jair Bolsonaro na eleição de outubro do próximo ano, o Partido dos Trabalhadores deve perder espaço dentro da esquerda, hoje a tendência é o fortalecimento do PCdoB e do PSOL, a eleição municipal em Porto Alegre em 2020 já revelou o enfraquecimento do petismo e o crescimento do comunismo.

Marqueteiros petistas trabalham com a conquista de apenas duas cadeiras para a Câmara Federal, os ameaçados são Zeca Dirceu e Ênio Verri, mas o partido trabalha no Paraná para reeleger os três e surpreender todos que apostavam no enfraquecimento da sigla em Curitiba, mas elegendo três vereadores.

Deixe uma resposta