Greve de fome em defesa de Lula

Líder do MST, João Pedro Stedille, junto com a Via Campesina, anunciaram hoje a convocação de petistas de todo o Brasil para iniciar uma greve de fome em defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Os 11 primeiros a aderir são militantes da Via Campesina.

Rosado e bem nutrido, Stedille não se prontificou a aderir ao ato.

 

5 comentários em “Greve de fome em defesa de Lula

  • 30/07/2018, 16:39 em 16:39
    Permalink

    André Vargas pede para que enviem pratos de caviar e boa comida do restaurante Bologna em Curitiba, onde comia bem com o deputado Angelo Vanhoni, também ex deputado – mas não preso como o londrinense conhecido como Bocão.

    Resposta
  • 30/07/2018, 16:54 em 16:54
    Permalink

    espero que morram de inanição estes camaradas.

    Resposta
  • 30/07/2018, 17:48 em 17:48
    Permalink

    Depois que falam que é seita os petófilos ainda ficam bravos.

    Mas como todo bom aspirante a socialista, os petistas querem ver a militância fazendo greve de fome, porque eles mesmos vivem como reis com seus salários, suas vantagens e suas propinas.

    Resposta
  • 30/07/2018, 22:23 em 22:23
    Permalink

    Cadê a Amante, não se dignou a participar da palhaçada, Cadê, Cadê Dirceu e seu filho? Berzoini? PB? Rui Falcão? Guilherme? Dilmas? Vai sobrar para os coitados idiotas.

    Resposta
  • 31/07/2018, 11:33 em 11:33
    Permalink

    E os sem votos estão pirando com a decisão de petistas fazerem greve de fome em defesa do melhor presidente que o Brasil teve desde 1964!!!

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: