Senador terá corte em salário. O governador aposentado Requião também ou não?

O salário do senador José Agripino Maia (DEM-RN), teve um corte de R$ 30.471 no salário, por determinação da Justiça Federal. O congressista recebia o valor irregularmente, acima do teto salarial para o serviço público, previsto na Constituição que é de R$ 33.763. O valor corresponde a pensão recebida por Maia, de quando ele era governador do Estado e se somava ao que é pago por ele no Senado. Ele terá que escolher entre qual das duas fontes será feito o desconto. A pensão do ex-governador é recebida desde 1986. O valor que ele estava recebendo estava ultrapassando o limite salarial previsto na Constituição que é de R$ 33.763.

Deixe uma resposta