Suando frio

Do Angelo Rigon

O deputado federal Ricardo Barros (PP) está procurando alguém no PSB para tentar fazer o senador socialista Roberto Rocha (Maranhão) retirar o requerimento de convocação de Ricardo Gomyde da CPI do Futebol, já que o envolvido é o Maringá Futebol Clube, que recebeu, na conta do filho do presidente João Regini, R$ 100 mil depositados pelo Coritiba FC, onde o comunista e ex-candidato a senador em 2014 – ligado ao casal Paulo Bernardo (PT), muito chegado do maringaense – é conselheiro e era o preferido da dupla Atletiba para a presidência da Federação Paranaense de Futebol. É o medo de que mais gente seja chamado.

Um comentário em “Suando frio

  • 10/09/2015, 22:04 em 22:04
    Permalink

    Então o Gomyde é ligado ao casal Paulo Bernardo mas quem o defende na CPI do Futebol é aliado do casal Beto Richa (PSDB)? Caramba, o Gomyde é uma unanimidade!

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: