Ministério Público investiga enriquecimento de parentes de funcionários da Receita Estadual do Paraná

Do Fernando Tupan

O Ministério Público do Paraná está investigando, com a ajuda da Receita Federal, o enriquecimento ilícito de parentes de alguns funcionários da Receita Estadual do Paraná. O foco desta vez não são apenas os envolvidos na Operação Publicano, em Londrina, mas de servidores das cidades de Curitiba, Maringá, Cascavel, Foz do Iguaçu, Guarapuava e Paranaguá. Os procuradores já identificaram pelo menos um caso em que um auditor adquiriu fazendas no estado de São Paulo, em nome do sogro.

3 comentários em “Ministério Público investiga enriquecimento de parentes de funcionários da Receita Estadual do Paraná

  • 12/02/2016, 11:40 em 11:40
    Permalink

    Quando o MP começar a investigar o enriquecimento de “alguns” comissionados vai descobrir que um deles deve estar tão rico que chega a dar Rolex de presente pro governador! Aliás, dizem que o Rolex é de ouro, até a pulseira…

    Resposta
  • 12/02/2016, 12:35 em 12:35
    Permalink

    E fazenda no Paraguai?

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: