Samu mais barato: Boa notícia para os municípios da Amepar

A partir de agora as cidades que integram a Associação dos Municípios do Médio Paranapanema (AMEPAR) vão pagar R$0,36 por habitante pelo serviço do SAMU, 31% a menos que o valor praticado anteriormente (R$0,52). O novo valor foi aprovado pelos prefeitos durante reunião extraordinária da AMEPAR realizada na última sexta-feira de manhã. “Reconhecemos o empenho da prefeitura de Londrina em adequar os custos deste serviço que é tão importante para todos os municípios”, afirmou o presidente da entidade, Luiz Nicácio, prefeito de Centenário do Sul, ao votar favoravelmente.

Segundo o secretário municipal de Saúde de Londrina, Gilberto Martins, a redução foi possível porque agora somente o custo da Central de Regulações vai ser rateado entre os municípios.  Com o acordo, ficou resolvida uma pendência que vinha se arrastando desde julho de 2014, quando Londrina, que responde pela regulação do serviço, aumentou o per capita dos então R$ 0,28 para R$0,50. A iniciativa levou muitas prefeituras a interromperem o pagamento e a questionarem o reajuste. Luiz Nicácio explica que o valor do serviço ficou inviável para os municípios, principalmente os menores, por isso a necessidade da revisão.

As negociações foram retomadas em novembro do ano passado quando o Secretario de Saúde de Londrina, Gilberto Martins, se comprometeu a fazer um estudo  no sentido de reduzir o valor per capita. Durante o período do estudo, os municípios concordaram em pagar um per capita de R$0,26. Quanto à dívida passada, ficou acordado que os municípios poderão negociar o pagamento em até 60 vezes, de acordo com as suas condições.

Deixe uma resposta