Jornalistas reclamam de censura na EBC na cobertura do caso Marielle

do Comunique-se

Na tarde desta terça-feira, 20, o Sindicato dos Jornalistas do Distrito Federal publicou no Facebook denúncia contra a Empresa Brasil de Comunicação, que criou restrição para a cobertura do assassinato da vereadora Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes. A entidade veiculou foto dos profissionais da EBC em ato contra a censura. (mais…)

, , , , ,

RIC TV Londrina investe em nova sede

A RIC Tv Record de Londrina inaugura dentro de alguns dias sua nova sede. Será no bairro Bela Suiça.  Em paralelo à nova sede, a programação da emissora na cidade passa por uma ampliação e inaugura o Cidade Alerta Londrina. “Os telespectadores de Londrina recebiam o sinal do programa de Curitiba. A partir desse movimento da RICTV | Record TV, os londrinenses passam a usufruir de uma programação 100% regional, com os programas Balanço Geral, Ver Mais, além do Cidade Alerta”, explica Leonardo Petrelli, presidente executivo do Grupo RIC Paraná.

A notícia é boa, mas seria melhor ainda se a emissora implementasse um jornal também não policial, com apresentadores, comentaristas e produção editorial que não tenha foco apenas em polícia e temas agregados.

As outras emissoras Tarobá e RPC tem jornalismo de “bancada” e prestam um ótimo serviço pra cidade.

Aliás, o SBT local também tinha que se tocar e sair um pouco dessa linha pinga sangue.

 

, , , ,

900 em Londrina andam de tornozeleira eletrônica

Em Londrina perto de 900 pessoas estão circulando com a famosa “pulseira de perna”. São as famosas tornozeleiras que a Justiça disponibiliza para cidadãos cuja periculosidade é considerada menor.

Tem desde auditores fiscais, batedores de carteira a fujões das pensões alimentícias.

Então, camarada/companheiro, se o calor é de 40 graus e o cara está de calça comprida no domingo, é porque o estilo determina.

, , , , , , , ,

Polícia prende membros de torcidas organizadas em Curitiba

Do Paraná On Line

Uma agressão a um torcedor do Coritiba Foot Ball Club, no ano passado, motivou uma operação da Delegacia Móvel de Atendimento ao Futebol e Eventos (Demafe) na manhã desta quinta-feira (28). Oito torcedores, de uma torcida do Atlético Paranaense, foram presos e Leonardo Henrique Alves é considerado foragido da Justiça. A polícia apreendeu até um fuzil na ação.

Segundo o delegado Clóvis Galvão, os mandados saíram para que a polícia continue a investigar o comando do grupo de jovens que foram expulsos da torcida organizada Fanáticos, do Atlético. “Eles não foram aceitos por causa das agressões que se envolveram. Saíram e continuaram agindo ao formar outro grupo, chamado ‘Guerrilha’, uma parte violenta da torcida organizada”, explicou. (leia mais)

, , , ,