FPF faz estudo para negociar o próximo contrato com a TV

Dentro de alguns dias termina o Campeonato Paranaense de Futebol, e encerra-se também o contrato com a RPC para a transmissão dos jogos.

Hoje a FPF vende o campeonato para a RPC por cerca de 10 milhões. Os clubes do interior ficam com as migalhas – R$ 300 mil cada, inclusive o atual campeão, o Londrina – o Paraná Clube recebe R$ 1 mi e Curitiba e Atlético cerca de R$ 2 mi cada.

Na próxima negociação a FPF pretende fazer algumas mudanças. Obviamente a primeira delas é melhorar o faturamento. O canal Esporte Interativo tem interesse nas transmissões de está procurando a FPF. Outras emissoras também devem entrar na briga.

Também deve ser mudada a divisão do bolo. O Londrina, por ser o terceiro time em número de torcedores e segundo em frequência de público nos estádios, deve receber uma fatia bem maior desta vez.

Para que a negociação não seja só no grito, a nova diretoria da FPF tem feito um levantamento de dados analisado pesquisas para entender melhor o potencial de mercado, faturamento, etc.

Para se ter uma ideia da disparidade com outros campeonatos, no Rio Grande do Sul, por exemplo, Grêmio e Inter recebem R$ 5 milhões cada. Já os clubes do interior ficam com R$ 1 mi cada um.

Deixe uma resposta